Cruz Vermelha treinará professores do Rio contra violência armada

O Comitê internacional da Cruz Vermelha vai oferecer treinamento em julho para integrantes da rede municipal de educação do Rio contra a violência armada, que tem feito parte do dia-a-dia das escolas localizadas ao redor de comunidades.


21/06/2017 - 15:36
Fonte: sputniknews
Autor: sputniknews
Link Fonte

O Comitê internacional da Cruz Vermelha vai oferecer treinamento em julho para integrantes da rede municipal de educação do Rio contra a violência armada, que tem feito parte do dia-a-dia das escolas localizadas ao redor de comunidades.

A iniciativa é inspirada no Projeto Rio, uma parceria realizada entre 2009 e 2013, envolvendo a Cruz Vermelha, comunidades e autoridades locais, para amenizar as consequências da violência.

 

Desde o início do ano letivo de 2017, a violência no Rio de Janeiro já deixou mais de 70 mil alunos sem aulas ou com interrupções nas atividades por conta de confrontos nas comunidades.

 

Em entrevista exclusiva para a Sputnik Brasil, a porta-voz do Comitê internacional da Cruz Vermelha no Brasil, Sandra Lefcovich, falou da iniciativa. O plano é capacitar profissionais de educação em como se defender e ajudar a comunidade escolar nas situações de violência e confrontos armados, que ocorrem nas comunidades próximas as escolas. Cerca de 40 integrantes das coordenadorias regionais de educação serão transformados em multiplicadores para depois poderem repassar esse treinamento para outras unidades.

O treinamento é chamado de "acesso mais seguro para serviços públicos essenciais" e, segundo Sandra, seu objetivo é repassar "medidas de autoproteção e protocolos de segurança para casos de emergência".